Site de Donald Trump é hackeado

Internautas eram levados a uma página toda preta em que se via a silhueta de uma pessoa usando chapéu e uma mensagem sugerindo que o ataque veio do Iraque.
20/02/2017 11h14 - Atualizado em 20/02/2017 11h14
Foto: Reprodução

No último domingo, 19, um servidor responsável por manter o site de campanha de Donald Trump no ar foi hackeado. E, ironicamente, isso aconteceu com a área “segura” da página.

Ao acessar “secure2.donaldjtrump.com”, internautas eram levados a uma página toda preta em que se via a silhueta de uma pessoa usando chapéu e uma mensagem sugerindo que o ataque veio do Iraque por alguém que se intitula “Pro_Mast3r”.


O site ficava sob responsabilidade da Cloudflare, segundo informa o Ars Technica. Depois de hackeado, ele ganhou um código fonte com link a um javascript ligado a uma conta deletada do Google Code. Essa conta, inclusive, está relacionada a pelo menos outros três ataques.

O javascript, porém, era inofensivo. Apesar de tanto o Chrome quanto o Firefox bloquearem a página por questões de segurança, o arquivo do código mostra que ele era apenas uma animação, e não um vírus.

Fonte: Olhar Digital


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso