Barracos são retirados de área de preservação permanente na Colônia Terra Nova

Os barracos estavam sendo destinados à venda de peixe e a ocupação foi denunciada pelos próprios moradores.
09/03/2017 16h05 - Atualizado em 10/03/2017 11h33
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Manaus fez a retirada de dois barracos de madeira construídos às margens de um afluente do igarapé da Bolívia, numa localidade denominada Loteamento Recreio Canaã, na colônia Terra Nova II, Zona Norte.

A retirada aconteceu na última quarta-feira, 8, após a realização da caracterização da área. Os barracos estavam sendo destinados à venda de peixe e a ocupação foi denunciada pelos próprios moradores.

A operação foi realizada pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Infraestrutura (Seminf) e Batalhão Ambiental da Polícia Militar, com apoio do Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas (Gipiap).

Segundo o diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Victor, a ação teve caráter preventivo e foi realizada ainda no começo da ocupação, já que os barracos estavam em construção e futuramente acarretariam o comprometimento do igarapé gerando transtornos e alagações com o acúmulo de lixo.

“Logo que recebemos a denúncia buscamos apurar a situação. Não foi possível fazer notificações porque ninguém se apresentou como proprietário das referidas construções e tivemos que tomar a iniciativa de demolição para evitar que o problema se alastrasse”, explicou Enéas.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso