Polícia Civil deflagra operação contra desvios de materiais hospitalares no Amazonas

A operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (16), que cumpriu nove mandados de busca e apreensão, cinco mandados de condução coercitiva, quatro mandados de prisão preventiva contra servidores públicos e empresários.
16/03/2017 09h04 - Atualizado em 16/03/2017 15h30
Foto: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (16), a Polícia Civil do Amazonas deflagrou um operação intitulada como “Hígia”, que tem o objetivo de cumprir, nove mandados de busca e apreensão, cinco mandados de condução coercitiva, quatro mandados de prisão preventiva contra servidores públicos e empresários que estão sendo investigados por desvios de materiais de hospitalares da rede pública, além de receptação.

Os delegados Ivo Martins, Guilherme Torres, Denis Pinho e Adriano Félix estão comandando a operação. As investigações iniciaram há três meses, segundo a Polícia Civil e aconteceu em resposta a pedido do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), que recebeu denúncia que servidores públicos atuavam no desvio de materiais como agulhas, medicamentos, máscaras, luvas, placas de Raio-X, e outros materiais das unidades de unidades de Serviço de Pronto Atendimento (SPA), de hospitais como Pronto Socorro João Lúcio, 28 de Agosto e outros.

Ainda não se sabe ao certo quanto os desvios causaram de prejuízos, mas que as informações é que foram milhões de reais retirados dos cofres públicos do estado.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso