Vereador de Coari foragido é procurado pela polícia por estelionato

O parlamentar, que também é advogado, forjou dois comprovantes de pagamento de fiança, sendo um no valor de R$ 3.520 e outro de R$ 1.770.
27/03/2017 16h53 - Atualizado em 28/03/2017 11h05
Foto: Divulgação

O vereador da Câmara Municipal de Coari (distante 363 quilômetros em linha reta da capital), Aldervan Souza Cordovil (PTB), conhecido como “Doutor Adeva”, está sendo procurado pela Polícia Civil do Amazonas por estelionato e coação no curso do processo.

De acordo com o delegado Mauro Duarte, no dia 5 de agosto de 2016 o infrator, que também é advogado, apresentou na DIP de Coari um comprovante forjado para justificar o pagamento de fiança no valor de R$ 17.610, arbitrada em nome do então vereador Márcio Silva de Almeida, na época preso em flagrante pela receptação de uma motocicleta encontrada no sítio dele. Duarte ressaltou que a fraude só foi descoberta após o auto de prisão em flagrante em nome de Márcio Almeida não ter sido homologado pela Justiça de Coari.

“Na manhã desta segunda-feira, dia 27, a equipe do DIP saiu em busca do infrator para cumprir o mandado de prisão preventiva em bairros distintos do município, porém ele não foi encontrado. No dia 23 de fevereiro deste ano o mandado foi expedido e o vereador foi indiciado. Naquele mesmo dia, por volta das 16h, recebi mensagens de texto, com teor de ameaça, enviadas do número de telefone de Aldervan”, explicou Duarte.

O delegado disse que a ameaça ocorreu após a descoberta de outros dois inquéritos policiais em que Aldervan forjou dois comprovantes de pagamento de fiança, sendo um no valor de R$ 3.520 e outro de R$ 1.770, em duas situações distintas. Foi quando Mauro Duarte representou o pedido de prisão preventiva em nome do vareador.

Quem puder colaborar com informações que ajudem a equipe da DIP de Coari a prender Aldervan, entrar em contato com os servidores pelos números de telefone da unidade policial: (97) 3651-3815, 98123-3791 ou (92) 98818-1159.

“Também disponibilizamos o 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), ou a linha direta com a Polícia Militar de Coari, pelo número: (97) 98182-4473. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso