Confira como os deputados federais do AM votaram no projeto da Reforma Trabalhista

Cinco dos parlamentares amazonenses foram a favor da proposta e três contra.
27/04/2017 11h16 - Atualizado em 27/04/2017 17h32
Foto: Reprodução

Na noite de ontem (26), o plenário da Câmara dos Deputados aprovou por 296 votos a favor e 177 contra sem nenhuma abstenção, o Projeto de Lei 6787/16 que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A maioria da bancada do Amazonas votou a favor da proposta, dos oito deputados federais apenas três foram contra e cinco a favor.

Os únicos que votam contra o Projeto foram os deputados Sabino Castelo Branco (PTB), Conceição Sampaio (PP) e Hissa Abrahão (PDT). Os que votam ‘sim’ foram Silas Câmara (PRB), Átila Lins (PSD), Alfredo Nascimento (PR), Pauderney Avelino (DEM) e Arthur Bisneto (PSDB).

A maioria dos que foram a favor da proposta defendem que há uma necessidade de modernizar a legislação trabalhista e que o projeto prevê isso. Para Bisneto, a reforma é muito útil para o futuro, já Pauderney considera os 17 mil sindicatos existentes no Brasil como um dado assustador e para Silas a reforma não vai retirar os direitos dos trabalhadores e sim gerar emprego.

Desobedientes

Conceição e Sabino ao votarem contra a reforma desobedeceram a orientação de seus respectivos partidos. Eles defenderam que não havia condições de votarem a favor da proposta. Já Hissa seguiu a orientação do PDT que é contra a reforma trabalhista.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505