Julgamento do deputado Ricardo Nicolau no TJAM é adiado mais uma vez

Nicolau é investigado por possíveis irregularidades na construção do edifício garagem da ALE-AM. O Ministério Público pede que o deputado perca o mandato.
18/04/2017 15h07 - Atualizado em 19/04/2017 11h20
Foto: Reprodução

O julgamento do processo que investiga possíveis irregularidades na construção do edifício garagem da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) na gestão do deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) foi suspenso pela segunda vez após o pedido de vista da desembargadora Nélia Caminha.

Treze réus são investigados por suposto superfaturamento de R$ 5,5 milhões na obra. De acordo com a desembargadora, o processo possui 15 mil páginas e com o feriado da semana santa só teve dois dias úteis para avaliar e o julgamento ficará para o próximo mês.

A ação foi movida pelo Ministério Público que pede que o deputado perca o mandato, sejam suspensos os direitos políticos por até dez anos, além da devolução de R$ 5,5 milhões pelos crimes de fraude e licitação, falsidade ideológica, peculato, na modalidade desvio e ordenação de despesa não autorizada.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505