Por unanimidade TRE absolve Melo de pedido de cassação feito por Braga

Na denúncia, Melo foi acusado de, durante a campanha, ter usado policiais militares para invadir o comitê de campanha de Braga para apreensão de propaganda eleitoral lícita.
25/04/2017 15h14 - Atualizado em 26/04/2017 11h14
Foto: Reprodução

O governador José Melo (Pros) foi absolvido por unanimidade, na manhã desta terça-feira (25), no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas TRE-AM do pedido de cassação apresentado pelo senador Eduardo Braga (PMDB), candidato derrotado por ele nas urnas em 2014.

Na denúncia, Melo foi acusado de, durante a campanha, mais especificamente no dia 23 de setembro de 2014, ter usado policiais militares que “excederam suas competências e prerrogativas legais” e “invadiram armados e sem mandado judicial” o comitê de campanha de Braga para apreensão de propaganda eleitoral lícita.

De acordo com dados apresentados pelo advogado do governador, Paulo Bernardo, o contingente usado na abordagem aos cabos eleitorais de Braga era normal para a ação policial. A defesa de Melo classificou como “exagero” as informações levadas ao TRE-AM pelos advogados de Braga e que as mesmas tinham como objetivo dar conotação de abuso na atuação da PM no caso.

O Ministério Público Eleitoral deu parecer favorável a Melo, neste processo, e considerou que não havia provas suficientes que justificassem ato de conduta vedada por parte do governador.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505