‘Senhorita Andreza’, que teve apoio de Vanessa Grazziotin em eleição, é assassinada

A mulher foi candidata a vereadora em Belém e ficou conhecida por fazer apologia ao uso de drogas.
14/04/2017 10h45 - Atualizado em 15/04/2017 15h55
Foto: Reprodução/Facebook

Andreza Ariane Castro de Sousa, 22, mais conhecida como ‘senhorita Andreza’ foi assassinada a tiros na noite da quinta-feira (13), no bairro Cabanagem, em Belém (PA). Andreza se candidatou ao cargo de vereadora ano passado pelo PCdoB na cidade e recebeu apoio da senadora, Vanessa Grazziotin, que chegou a gravar um vídeo pedindo votos para a jovem. Ela não conseguiu se eleger, já que obteve apenas 789 votos.

A mulher era conhecida na internet conta de um vídeo onde convidava “toda a comunidade para um social” em sua casa regado a muito Chopp, maconha e cocaína. Por causa do vídeo, ela foi presa no dia 22 de janeiro suspeita de tráfico de drogas e apologia ao crime.

A informação de que Andreza foi morta foi confirmada pelo o Instituto Médico Legal (IML) de Belém. Ainda segundo informações preliminares, a vítima foi abordada por dois suspeitos em uma motocicleta enquanto caminhava na rua junto com uma amiga. Testemunhas afirmam que Andreza tentou fugir, mas foi alcançada e executada a tiros.

O companheiro de Andreza, Huanderson Ferreira Ramos, também foi morto a tiros no final do ano passado nas mesmas proximidades, que a jovem foi morta.

Atenção: Imagens fortes

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505