Testemunhas da operação Maus Caminhos começam a ser ouvidas nesta quinta-feira

O médico Mouhamad Moustafa pode ter pena superior a 20 anos por ter liderado a organização criminosa.
26/04/2017 17h41 - Atualizado em 27/04/2017 11h20
Foto: Reprodução

A Justiça Federal no Amazonas começará a ouvir na manhã desta quinta-feira (27), testemunhas de acusação da primeira denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM), na qual 16 pessoas são acusadas de envolvimento no esquema de desvio de recursos do sistema público de saúde do Amazonas, revelado pela Operação Maus Caminhos que predeu o médico e empresário Mouhamad Moustafa.

Os denunciados respondem por constituição, promoção, financiamento e integração de organização criminosa. Outra audiência do caso será realizada no dia 3 de maio, no mesmo local e horário.

De acordo com o MPF, todos foram acusados de integrar a organização criminosa e as penas podem chegar a até 12 anos. Parte dos acusados também foi denunciada por embaraçar as investigações, podendo pegar pena de até 20 anos por conta dos crimes. Já o médico Mouhamad Moustafa pode ter pena superior a 20 anos por ter liderado a organização criminosa.

A audiência ocorrerá no auditório da Justiça Federal, localizada na Avenida André Araújo, 25, Aleixo. O procurador da República Alexandre Jabur, autor da denúncia, participará na condição de representante do MPF.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505