Após atender venezuelanos, abrigo será destinado a pacientes do interior

O anúncio foi feito pelo governador David Almeida, nesta terça-feira, 30, enquanto discursava na Assembleia Legislativa do Amazonas.
30/05/2017 19h04 - Atualizado em 31/05/2017 11h00

Foto: Divulgação


O abrigo que o Governo do Amazonas está preparando, para receber os venezuelanos que estão morando nas ruas de Manaus, também servirá para receber pessoas do interior do Amazonas. O anúncio foi feito pelo governador David Almeida, nesta terça-feira, 30, enquanto discursava na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

O governador David Almeida disse que, após atender às famílias venezuelanas, o prédio onde funcionava o programa Jovem Cidadão, localizado no bairro Coroado, zona leste de Manaus, será destinado para atender à população do interior que vem à capital do estado em busca de tratamento médico.

“Assim como meu pai foi acolhido quando chegou a Manaus, quero que nossos irmãos do interior recebam o mesmo acolhimento que meu pai recebeu. Eles precisam ter condições necessárias, no momento em que eles mais precisam de atenção, quando chegam à capital em busca de tratamento médico”, declarou o governador.

Atualmente, o espaço está em fase de adequação para receber os migrantes venezuelanos. Quando finalizado, terá capacidade de atender 300 pessoas. O abrigo dispõe de dormitório, cozinha, refeitório e banheiros.

À frente dos trabalhos estão os órgãos estaduais: Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas), Fundo de Promoção Social (FPS)¸ Fundação Estadual do Índio (FEI). O atendimento aos venezuelanos está sendo feito em parceria com a Prefeitura de Manaus.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso