Arthur mostra indiferença sobre candidatura de Braga e diz que Marcos Rotta daria um bom governador

Ao ser questionado sobre o fato do PMDB ter Braga como o possível candidato ao governo na eleição tampão Arthur mostrou certa indiferença e desconversou.
16/05/2017 16h32 - Atualizado em 17/05/2017 10h49
Foto: Reprodução

A ruptura da aliança com o senador Eduardo Braga (PMDB), deu ao Prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), novas possibilidades de apoio na disputa ao Governo Estado com a cassação de José Melo. Em um pronunciamento na manhã desta terça-feira, 16, durante lançamento do pacote de obras de verão, o tucano declarou que Marcos Rotta, também peemedebista, daria ‘um bom governador’.

Ao ser questionado sobre o fato do PMDB ter Braga como o possível candidato ao governo na eleição tampão Arthur mostrou certa indiferença e desconversou. “É, o outro é bom candidato. Só que eu estava dizendo que o Marcos Rotta está preparado para ser secretário, governador e ainda falei mais: vice-presidente da República, quem sabe, numa megalomania minha de querer ser presidente da República”, declarou o tucano puxando a sardinha para o seu vice.

Rotta, na última quarta-feira (10), durante o anúncio de novos mecanismos para a saúde no bairro da Paz, Zona Oeste, também mostrou interesse em concorrer ao cargo de governador mesmo sabendo que o nome de Eduardo Braga já está quase certo para ser lançado pelo seu partido.

À imprensa, o vice-prefeito disse que tem interesse em disputar o governo do Estado. “Todo mundo tem (interesse), meu filho. Não é? Até o Homero (secretário de Saúde) aqui tem o interesse. Acho natural. O político que não almejar aspiração é um político acomodado. Eu nunca fui acomodado na minha vida. Eu deixo tudo nas mãos de Deus. É ele quem sabe a hora certa”, expôs Marcos.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505