Governador David Almeida vai liberar R$ 22 milhões para empresas pagarem funcionários da Saúde

A medida deve beneficiar médicos, enfermeiros, auxiliar e técnicos de enfermagem, entre outros trabalhadores.
17/05/2017 10h49 - Atualizado em 17/05/2017 16h43
Foto: Reprodução

Durante o lançamento do Plano Emergencial da Saúde, que aconteceu nesta quarta-feira, 17 de maio, o governador David Almeida anunciou que já na próxima sexta-feira (19), deve liberar recursos da ordem de R$ 22 milhões para os pagamentos de salários atrasados de trabalhadores de empresas terceirizadas que prestam serviços para o setor de Saúde.

De acordo com o governador, o valor será repassado para as empresas. “Não é justo que o trabalhador chegue ao final do mês sem ter seu salário, por isso estamos priorizando essa questão”, afirmou Almeida. A medida deve beneficiar médicos, enfermeiros, auxiliar e técnicos de enfermagem, entre outros trabalhadores.

Na oportunidade David Almeida também anunciou que em 45 dias, a Central de Medicamentos do Amazonas (CEMA) deverá ser reabastecida graças a uma compra de produtos realizada anteriormente no valor de R$ 52 milhões.

“Vamos melhorar a distribuição desses medicamentos nas unidades de saúde, lembrando sempre da nossa população do interior, que enfrenta grandes dificuldades de acesso”, garantiu o governador.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505