José Melo é cassado pelo TSE, perde o mandato e novas eleições devem ser realizadas no AM

O placar do julgamento foi de 5 a 2 pela cassação na manhã desta quinta-feira (4).
04/05/2017 11h32 - Atualizado em 4/05/2017 17h49

Foto: Reprodução


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acaba de cassar o mandato do governador do Amazonas, José Melo (PROS) e do seu vice Henrique Oliveira (SD) na manhã desta quinta-feira (4). O placar terminou em 5 a 2 pela perda do mandato.

A Corte Eleitoral julgava nesta manhã o recurso de Melo que tentava reverter a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), que cassou o mandato do político em janeiro de 2016. O TSE determinou ainda a realização de novas eleições para governador no Amazonas.

Os ministros que votaram pela cassação do governador foram: Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Antônio Herman de Vasconcelos e Benjamin, Admar Gonzaga e a presidente da sessão, ministra Rosa Webber. Os que votaram contra foram: Napoleão Nunes Maia Filho, relator do processo, e a ministra Luciana Lóssio.

A defesa de Melo informou irá dar entrada em um embargo de declaração da sentença para manter o governador no cargo até a realização do pleito, determinado pela Corte.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso