LDO chega na ALE e segue para Comissão de Finanças Públicas

O projeto estima uma receita de R$ 15,6 bilhões para 2018.
31/05/2017 10h08 - Atualizado em 31/05/2017 10h10
Foto: Filipe Augusto/Aleam

A proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) começou a tramitar nesta terça-feira (30) na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) e seguirá para a Comissão de Finanças Públicas, presidida pelo deputado Josué Neto (PSD). O projeto, que estima uma receita de R$ 15,6 bilhões para 2018, foi entregue pessoalmente pelo governador David Almeida (PSD) ao presidente do Parlamento, deputado Abdala Fraxe (PODE), no plenário da Casa.

Segundo Josué Neto, a Comissão tem até 20 dias para emitir o parecer preliminar. Após esse prazo, o projeto entrará na pauta de tramitação, durante cinco Sessões Plenárias para receber emendas orçamentárias – entre elas as emendas parlamentares impositivas. Vencido o prazo, a Comissão terá até dez dias para analisar as emendas e encaminhar o projeto para votação em Plenário.

O projeto da LDO prevê orientações para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), que estabelece onde será aplicado os recursos financeiros do Estado ao longo de 2018, definindo metas e prioridades de governo.

Em entrevista à imprensa, o governador David Almeida informou que a LDO já prevê o percentual necessário para atender as emendas parlamentares impositivas – aquelas em que os deputados definem a destinação dos recursos – o equivalente a 1,2% da receita corrente líquida do Estado.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso