Programa Educações vai dar 5 mil bolsas para pós-graduação em Manaus

Os interessados terão até o dia 27 de maio para o cadastramento via internet.
02/05/2017 15h15 - Atualizado em 2/05/2017 15h15

Foto: Divulgação


O Programa Bolsa Educações iniciou nessa segunda, 01 de maio, processo seletivo que concederá 5 mil novas bolsas de estudo de pós-graduação, com até 50% do valor das mensalidades.

Poderão concorrer estudantes iniciantes (não matriculados na instituição para a qual desejam a vaga), que possuam matrícula trancada/ inativa ou transferidos.

Os interessados terão até o dia 27 de maio para o cadastramento via internet, através do portal www.educacoes.com.br ou diretamente na sede do programa, situada à Rua Ramos Ferreira, 664 A – Centro (ao lado da Praça da Saudade), com atendimento de segunda à sexta, de 08h às 18h e aos sábados, de 08h às 12h. Mais informações podem ser obtidas através dos números 33471865, 992929700 (WhatsApp) e 982062554.

Documentos
Os candidatos deverão apresentar documento original e duas cópias do RG, CPF, certificado de conclusão da graduação (ou declaração), histórico escolar, duas fotos 3X4, certificado de reservista (para homens), currículo e comprovante de residência atualizados). Todos os candidatos serão orientados sobre os procedimentos de matrícula junto às instituição de ensino.

Credenciaram vagas a Faculdade Salesiana Dom Bosco, Fametro, Ceteo, LeaNorte e Fucapi. Os bolsistas serão selecionados dentre 45 cursos nas áreas de educação, saúde, gestão/MBA, ambiental, tecnologia, ciências humanas e sociais, dentre outras. Novas instituições poderão aderir ao processo seletivo até o próximo dia 5 de maio.

Segundo o presidente do Bolsa Educações, professor Rony Siqueira, os empregadores e tomadores de serviço estão cada vez mais exigentes, principalmente por conta dessa crise pela qual o país está passando. “O momento exige que os profissionais estejam cada vez mais qualificados e produtivos, porquanto as instituições parceiras do Educações concederão bolsas de estudo a quem não teria como custear o valor integral, disse o professor.

Critérios
O interessado na bolsa de estudo deve comprovar renda até 03 salários mínimos por pessoa na sua família (moradia). Caso ultrapasse o limite, poderá receber benefício com menor percentual em comparação os bolsistas selecionados. Além disso, estudantes com idade mais elevada e portadores de deficiência terão prioridade na seleção (10% das vagas).

Os bolsistas poderão participar de projetos educacionais, caso tenham disponibilidade.

Histórico
Iniciado em janeiro de 2013, o Educações já concedeu mais de 25.000 benefícios através de parcerias com 30 instituições de ensino privado do Amazonas. As bolsas de estudo atendem desde a creche, passando por toda a educação básica, supletivo, ensino técnico, idiomas, graduação e pós-graduação. O programa tem o apoio da Federação Nacional das Escolas Particulares – Fenep e do Sindicato das Instituições de Ensino Privado do Amazonas- Sinepe/AM.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso