SMTU recolhe oito ônibus de empresa por irregularidades

Entre as irregularidades atestadas pela SMTU estão assentos quebrados ou rasgados, plataforma elevatória para pessoas com deficiência inoperante, limpador de parabrisa quebrado, entre outros problemas.
09/05/2017 17h09 - Atualizado em 10/05/2017 11h58

Foto: Divulgação


Cinquenta ônibus do transporte público de passageiros em Manaus, da empresa Global Green, têm problemas de manutenção e conservação. Desses, 42 renderam notificação à companhia e oito foram recolhidos pela SMTU (Superintendência Municipal de Transporte Urbanos) em fiscalização na manhã desta terça-feira, 9.

Entre as irregularidades atestadas pela SMTU estão assentos quebrados ou rasgados, plataforma elevatória para pessoas com deficiência inoperante, limpador de parabrisa quebrado, parabrisas trincados, assoalho danificado, forros da lateral, do teto, do piso e da sanfona rasgados no caso de veículos articulados. A Lei n.º 1.779, de outubro de 2013, estabelece como penalidade para esses casos multas que variam 5 a 50 Unidades Fiscais do Município (UFMs), correspondente a um valor que pode ir de R$ 499 a R$ 4,992 mil.

O superintendente da SMTU, Audo Albuquerque da Costa, disse que a empresa terá um prazo de 90 dias para sanar as irregularidades da frota de 239 ônibus. “O que a prefeitura e a população esperam é que haja solução. A empresa comprometeu-se a sanar as irregularidades e nós vamos acompanhar isso”, disse.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso