Braga e Amazonino devem ficar com mais da matade do tempo da propaganda eleitoral na TV

Juntos, os dois candidatos devem ficar com mais de 60% do tempo o que tende a ser bastante desigual entre os candidatos.
19/06/2017 15h33 - Atualizado em 20/06/2017 11h13
Foto: Reprodução

Se forem mantidas as coligações formadas durante as convenções partidárias da última sexta-feira, os tempos de propaganda na TV, que começa no dia 10 de julho, tendem a ser bastante desiguais entre os candidatos, favorecendo Eduardo Braga (PMDB) e Amazonino Mendes (PDT) que, juntos, devem ficar com mais de 60% do tempo. Os partidos políticos e as coligações têm até as 19h de hoje para entregar o registro de seus candidatos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Estimativa com base nas regras de distribuição do tempo entre os partidos e coligações mostra o candidato Eduardo Braga (PMDB) e seu vice, Marcelo Ramos (PR), com o maior tempo de televisão. São aproximadamente 3 minutos.

Atrás dele, aparece o candidato Amazonino Mendes (PDT). Ele terá, ao lado de seu vice Bosco Saraiva (PMDB), 2 minutos e 54 segundos, conforme a estimativa.

O PT que possui uma chapa puro-sangue, com os candidatos José Ricardo e Sinésio Campos terá o tempo razoável de 1 minuto e 28 segundos. Já a candidata Rebecca Garcia (PP) terá 57 segundos, tempo aproximado do candidato Marcelo Serafim (PSB) que deve ser 51 segundos.

Na sequência, a candidata Liliane Araújo (PPS) aparece com pouco mais de 19 segundos. Os candidatos Wilker Barreto (PHS) e Luiz Castro (Rede) possuem os menores tempos de TV e rádio. São aproximadamente 13 segundos para poder mostrar aos eleitores suas propostas.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505