Candidato Marcelo Serafim já foi acusado de receber ‘ajudinha’ do pai para se eleger a deputado federal

Denúncias dão conta de que Serafim Corrêa, quando prefeito teria usado a máquina pública em favor do filho em disputa por vaga na Câmara Federal em 2006.
23/06/2017 11h46 - Atualizado em 23/06/2017 16h50
Foto: Tiago Correa/CMM

O candidato ao governo do estado e atual vereador de Manaus, Marcelo Serafim (PSB) da Coligação ‘Por Um Novo Amazonas’, já foi deputado federal pelo estado e já foi acusado de receber ajuda do pai, Serafim Corrêa quando prefeito em 2006 para conseguir a vaga na Câmara Federal.

Em 2007, Serafim Correa foi acusado de cancelar empenhos de obras, que prejudicaram obras que estavam em andamento na capital para usar o recurso a favor da eleição do filho. As denúncias dão conta de que a máquina pública foi usada na época em benefício do atual candidato ao governo, Marcelo Serafim.

Há denúncias de que Marcelo teria gastado aproximadamente R$ 7 milhões para se eleger a deputado federal. As denúncias até hoje não foram confirmadas, mas fontes próximas ao parlamentar, que trabalharam com ele na coordenação de campanha na época garantem a veracidade.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso