Com campanha pela ética, Rebecca Garcia tem vice condenado por formação de quadrilha

Abdala Fraxe também responde a vários processos de âmbitos civil e federal. O mote da campanha de Rebecca é a ética.
21/06/2017 16h52 - Atualizado em 22/06/2017 12h11
Foto: Reprodução

Demitida recentemente da superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Rebecca Garcia (PP), candidata ao Governo do Estado do Amazonas, na eleição tampão de 6 de agosto, compõe chapa “pela ética” na disputa e tem como vice o deputado estadual, Abdala Fraxe (PTN) multado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) por formação de cartel de combustível e investigado por formação de quadrilha.

Mesmo com uma campanha em nome da ética, o vice de Rebecca foi condenado em 2011 a seis anos e meio de prisão, em regime semi-aberto, por formação de quadrilha e crime contra a ordem tributária, por cartel em postos de combustível. No ano de 2013, o Cade impôs a multa de R$ 800 mil pelo mesmo motivo da condenação, uma vez que em 1999 era dirigente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Amazonas (Amazonpetro). O deputado também responde a vários processos de âmbitos civil e federal.

Na decisão, o juiz considerou que, mesmo alegando inocência, Abdala deixou de exercer “a livre iniciativa da salutar economia de mercado e que os motivos do crime convergem para lucro fácil, com relevo especial para cupidez desmedida, o que motiva maior punição e as consequências do crime, com maior gravidade porque atingiu tanto a ordem tributária, econômica e as relações de consumo, quanto o tecido social”.

Após ser demitida da superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Rebecca Garcia (PP) se lançou candidata ao governo do Amazonas. Ela vai disputar contra Eduardo Braga (PMDB), que a apadrinhou na indicação. Ele perdeu os cargos no governo Temer depois que votou contra a reforma trabalhista.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso