Comportamentos inadequados e agressivos de índios venezuelanos gera revolta em vizinhos de abrigo

Comerciantes da Feira do Coroado relataram que os índios estariam consumindo drogas, bebidas alcoólicas e se prostituindo.
22/06/2017 17h26 - Atualizado em 23/06/2017 12h10
Foto: Reprodução

Os índios venezuelanos já conseguiram arrumar confusão com vizinhos em um mês de estadia no abrigo onde estão morando na sede do Acolhimento de Adultos e Famílias, localizado no bairro Coroado, Zona Leste, devido aos comportamentos inadequados e agressivos.

Na última terça-feira (20), o vereador Fred Mota relatou no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) que, após receber algumas denúncias, foi até o bairro apurar os fatos. Na ocasião, os comerciantes da Feira do Coroado relataram que os índios estariam consumindo drogas, bebidas alcoólicas e se prostituindo, no período da noite, em uma área que fica atrás da feira.

Uma moradora que preferiu não se identificar, comentou que quase todos os dias os índios se envolvem em brigas e confusões com traficantes do bairro. Segundo ela, depois da transferência deles para o abrigo, o entorno da feira virou baderna e terra sem lei.

Outra preocupação dos moradores da área é com a falta de cuidados com as crianças indígenas que segundo eles podem sofrer acidentes fatais a qualquer momento.

A Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) informou que está ciente da situação e que vem realizando ações de conscientização em parceria com outros órgãos estaduais, municipais e federais para amenizar o problema. Na oportunidade, a Seas destacou que não pode interferir nas escolhas e nas atitudes tomadas por eles fora do abrigo.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505