David Almeida critica uso de púlpitos de igrejas para promoção política

Em entrevista David alfinetou adversários políticos que recebem apoio de pastores em cultos nas igrejas.
15/07/2017 13h41 - Atualizado em 17/07/2017 11h35
Foto: Reprodução

O governador interino do Amazonas, David Almeida (PSD), que também é membro da membro da Igreja Adventista, condenou o uso eleitoral de igrejas em entrevista a um portal de notícias local nesta sexta-feira (14).

David se referiu a adversários políticos que recebem apoio de pastores em cultos nas igrejas evangélicas e disse que se Jesus vivesse nos dias de hoje, muitos líderes religiosos iriam ‘levar lambada e chicotada porque estão usando da fé para fazer promoção política’.

Ainda segundo o governador interino ele não admitiria esse tipo de prática para ele em uma disputa política. “No dia que um pastor meu me levar ao púlpito e dizer que eu fui escolhido por Deus para ser apoiado eu empurro o pastor de cima do púlpito, porque púlpito de igreja não é para tratar questão política”, declarou David.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505