Edir Macedo defende homossexuais e manda indiretas para pastores que criticam a categoria

No seu programa de televisão, o dono da Record lembrou que os gays sempre existiram e que no tempo de Jesus Cristo eles também tinham seus relacionamentos amorosos.
14/07/2017 13h42 - Atualizado em 15/07/2017 13h50
Fonte: Reprodução

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record TV, Edir Macedo, virou um dos principais temas do noticiário nesta quarta-feira (12). O motivo foi uma polêmica posição ideológica que o religioso deu durante o seu programa de televisão, o ‘Palavra Amiga’. De acordo com informações do site TV Foco, Edir mostrou-se a favor dos homossexuais e que não pode ter nada contra o público LGBT. É bom lembrar que Moyses Macedo, filho do pastor, já entrou em diversas polêmicas sobre uma suposta homossexualidade. O rapaz, que hoje assume posição importante na igreja, nega que goste de outros rapazes.

É comum em igrejas, por exemplo, comentar-se durante os atos de pregação que o homem que se deita com outro não é digno do reino dos céus, ou seja, que vai para o inferno. De acordo com #Edir Macedo, que terá sua vida contada em um filme, nem mesmo Deus seria capaz de fazer algo parecido.

No seu programa de televisão, o dono da Record lembrou que os gays sempre existiam e que no tempo de Jesus Cristo eles também tinham seus relacionamentos amorosos. Nem por isso, Jesus teria pregado qualquer bandeira contra o público LGBT. Pelo contrário, Cristo dizia que as pessoas deveriam amar as outras como a si mesmas. Durante sua fala, o líder da Universal acabou mandando indiretas para pastores que criticam o público GLS.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505