Passagem de ônibus em Manaus pode sofrer novo reajuste, diz Sinetram

A criação de subsídios pode barrar a elevação da tarifa, porém a possibilidade não é descartada.
21/07/2017 14h37 - Atualizado em 22/07/2017 12h55
Foto: Reprodução

Messda elevação na tarifa do transporte público da cidade de Manaus o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) afirmou que o serviço poderá sofrer um novo reajuste devido o aumento da tributação do diesel de R$ 0,21 para R$ 0,46 por litro feito pelo Governo Federal. A criação de subsídios pode barrar a elevação da passagem, porém a possibilidade não é descartada.

Hoje o valor da tarifa de ônibus na cidade é de R$ 3,80. O último reajuste foi realizado no mês de fevereiro, quando o Governo do Amazonas, retirou os subsídios equivalentes ao Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Na ocasião, o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, afirmou que se não autorizasse a elevação da tarifa, a Prefeitura teria que pagar quase R$ 100 milhões em subsídios.

O presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira (20) um decreto autorizando a elevação da alíquota o PIS/Cofins que incide sobre o preço dos combustíveis. Segundo o Governo Federal, o objetivo do aumento da tributação é arrecadar 10,4 bilhões de reais e evitar uma revisão na meta fixada pelo orçamento, que já previa um déficit primário (despesas maiores que as receitas) de 139 bilhões de reais neste ano.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505