Presídios do Amazonas recebem equipamentos de Raio-X para reforçar revistas

Foram adquiridos 24 aparelhos destinados a 17 unidades prisionais da capital e interior.
21/07/2017 13h48 - Atualizado em 21/07/2017 15h00
Foto: Bruno Zanardo/Secom

As Unidades Prisionais do Estado do Amazonas começaram a receber equipamentos de raio-x nesta semana. Ao todo, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) adquiriu 24 aparelhos destinados a 17 unidades prisionais da capital e interior.

Os equipamentos, que vão reforçar os procedimentos de revista e fiscalização nos presídios, foram adquiridos com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) do Governo Federal recebidos pelo Governo do Amazonas para investimentos no sistema prisional. Além de raio-x, a Seap aguarda a chegada de body scanners (scanner corporal), portais detectores de metais, raquetes e veículos recém-adquiridos para reforçar a segurança nos presídios.

Responsável por agilizar a liberação dos equipamentos junto ao Funpen, o secretário de Estado de Administração Penitenciária, coronel da Polícia Militar, Cleitman Coelho, afirmou que os equipamentos vão contribuir nos trabalhos contínuos da secretaria para a redução de entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais.

“O raio-x é um aparelho essencial para os procedimentos de segurança e revista de alimentos, materiais de higienes, limpeza, equipamentos e quaisquer objetos que adentram ao sistema por intermédio da entrega de material dos familiares ou na entrada de servidores nas unidades. Este é o primeiro dos recursos tecnológicos que adquirimos com os investimentos do Funpen que já chegou a Manaus e nos municípios onde temos presídios. Nos próximos meses, os outros equipamentos tecnológicos adquiridos estarão em funcionamento no Sistema Prisional do Amazonas”, disse Cleitman.

O secretário Cleitman Coelho explica que o objetivo de destinar mais equipamentos para o CDP II, é para que a unidade, prevista para inaugurar em agosto, comece a atuar com fiscalização intensificada. “A intenção é investir para que a unidade seja modelo. O equipamento de raio-x e os demais que vão ser recebidos por todas as unidades, vão auxiliar nos trabalhos operacionais e nos fornecer mecanismos para continuar aplicando a ordem e disciplina no sistema prisional”.

Unidades
As unidades masculinas como o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), Regime Fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj Fechado), Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), receberam dois (02) equipamentos cada, devido terem um quantitativo de internos maior, que consequente gera um fluxo mais intenso de visitantes. O Centro de Detenção Provisória II (CDP II), é a unidade que recebeu um maior investimento para segurança, totalizando três (03) aparelhos de raio-x.

Em Manaus, as demais unidades receberam um equipamento cada: Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), Regime Semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj Semiaberto), Penitenciária Feminina de Manaus (PFM) e Unidade Prisional Semiaberto Feminino. Essa é a primeira vez que as unidades do regime semiaberto de Manaus terão equipamentos para fiscalização de materiais.

As unidades prisionais de Manaus registram uma média de 3.700 visitas por final de semana. No último fim de semana (15/07 e 16/07), a UPP teve um total de 1.054 visitantes na unidade que atualmente possui 1.190 detentos. O CDPM registrou 1.041 familiares de presos na unidade, que atualmente tem a maior população, com 1.283 presos. O Compaj Fechado, que hoje possui 997 presos condenados, teve um total de 772 visitantes no último final de semana, e o Ipat registrou 658 familiares de detentos na unidade que atualmente abriga 906 presos.

Interior
Cleitman Coelho ressalta que a Seap possui atualmente oito (08) unidades prisionais em sete (municípios), e que um equipamento de raio-x vai ser instalado nas unidades de Coari, Humaitá, Parintins, Tefé, Tabatinga. Em Itacoatiara, que possui duas unidades no município estarão em funcionamento um raio-x em cada unidade, e Maués receberá dois equipamentos, sendo que um deles será remanejado para a unidade prisional em construção no município, assim que for inaugurada.

“Algumas unidades do interior já receberam os equipamentos, e a previsão é que até o meio do mês de agosto, a última unidade esteja com o equipamento em funcionamento. Por conta da distância e da dificuldade de logística para alguns municípios, esses equipamentos vão demorar mais pra chegar a locais como Tabatinga e Tefé”.

Fundo Penitenciário Nacional – O Amazonas recebeu R$ 44 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para investimentos em melhorias no sistema prisional. Deste investimento R$ 32 milhões estão sendo aplicados para a construção de duas novas unidades prisionais nas cidades de Manacapuru e Parintins, no interior do Estado.

Para a segurança e modernização dos procedimentos foram destinados R$ 12 milhões do recurso para a aquisição de equipamentos de fiscalização como raios-x, body scanner, portais detectores de metais, raquetes, além de novos veículos que irão comprar a frota do sistema prisional, como 13 furgões-cela, um caminhão cela, uma ambulância e investimentos na área operacional com sistema de comunicação para interligação entre todas as unidades prisionais. Com o investimento, a Seap também adquiriu mobília para o CDP II e equipamentos hospitalares para a melhoria do atendimento de saúde voltado para os presos do sistema prisional.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505