TRE-AM deve ainda decidir se eleição será no dia 6 de agosto ou no início de setembro

Os candidatos ao governo defendem que o pleito seja mantido na data definida inicialmente.
07/07/2017 12h17 - Atualizado em 7/07/2017 16h38
Foto: Reprodução

Uma reunião do pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) deverá definir a data do primeiro turno das eleições suplementares a governador do Amazonas. Inicialmente o órgão trabalha com a possibilidade de realizar as eleições no dia 6 de agosto, data que já estava definida antes da suspensão pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

No entanto, por conta de prazos processuais e judiciais de impugnações e outras questões que ficaram paradas devido a suspensão, o presidente do TRE-AM, Yedo Simões, informou que já existe uma proposta, adequada a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que o primeiro turno seja realizado no dia 3 de setembro e o segundo, se houver, no último domingo de setembro, dia 24.

Está prevista uma reunião com as coligações e candidatos para avaliar a questão, mas essa reunião depende de outras que estão acontecendo desde cedo na sede do TRE-AM.

Polêmica

Os candidatos defendem que a eleição seja mantida no dia 6 de agosto. Para eles, o adiamento pode gerar ainda mais problemas e uma possível mudança novamente prejudicaria a realização do pleito.

Fonte: Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505