Após vitória no segundo turno Amazonino desiste de ação para tornar David Almeida e Rebecca Garcia inelegíveis

O pedido de Amazonino foi protocolizado no TRE-AM há uma semana da votação do segundo turno.
30/08/2017 15h49 - Atualizado em 31/08/2017 11h00
Foto: Am Post

Um pedido de de desistência da ação contra o governador interino, David Almeida (PSD), e a ex-candidata ao governo Rebecca Garcia (PP) foi apresentado pelos advogados do candidato eleito no pleito suplementar Amazonino Mendes.

O pedido foi protocolizado no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) há uma semana da votação do segundo turno. A denúncia de Amazonino era referente ao uso da estrutura do Governo do Estado em favor da campanha da candidata apoiada por ele no primeiro turno.

Como Rebecca e David não têm mandatos como resultado da disputa desta eleição suplementar, a ação não poderia cassá-los. Caso fosse acatada pelo TRE-AM, após a investigação, uma condenação nesta ação resultaria numa inelegibilidade de oito anos.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso