Com discurso pacificador Amazonino diz que até ajuda de Braga será bem-vinda

O governador deixou as portas abertas para o candidato derrotado e senador Eduardo Braga.
28/08/2017 08h49 - Atualizado em 28/08/2017 17h27
Foto: reprodução

Eleito governador do Estado pela quarta vez, Amazonino Mendes afirmou, durante seu primeiro discurso após vencer as eleições, que deixou as portas estão abertas para o candidato derrotado Eduardo Braga.

“Não há inimigo, há um só povo, e parte dele sofrendo. A gente não vai discriminar ajuda. O que ele (senador Eduardo Braga) puder fazer pelo Amazonas, será muito bem-vindo”, disse o governador.

Questionado sobre as primeiras ações a ser realizado, Amazonino disse que irá nomear uma comissão para fazer levantamento dos dados e informações do governo do Estado. “Para que a gente, quando eu tomar posse, tenha base de algum conhecimento e o presidente desta comissão, eu já escolhi, será o Francisco Deodato (ex-secretário municipal de saúde quando Amazonino foi prefeito de Manaus)”, afirmou.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505