Henrique Oliveira chora em entrevista e diz que processo de cassação foi arquitetado por Braga

O político disse ser inocente e que vai lutar na Justiça pelo direito de ser candidato em 2018, apontando predileção pelo cargo de deputado estadual.
11/08/2017 11h11 - Atualizado em 11/08/2017 16h22
Foto: reprodução

O vice-governador cassado, Henrique Oliveira (SD), chorando disse ser inocente de qualquer acusação de compra de votos e apontou o senador, Eduardo Braga (PMDB), como a mente por trás da derrocada do governo Melo. A declaração emocionada do político aconteceu em entrevista exclusiva ao portal de notícias BNC, nesta quinta-feira (10).

Henrique afirmou que todo o processo de cassação foi arquitetado por Eduardo Braga (PMDB), que se beneficiaria com isso. “Isso tudo foi armado. Depois ele (Braga) conseguiu que o Fantástico, porque ele tem penetração dentro da Rede Globo, viesse aqui fazer essa a matéria. Ele conseguiu com que isso fosse reprisado por três Fantásticos. Ele foi capaz de contratar ministros, contratar escritório de ministros que se deram como impedidos”, disse.

Ainda sobre Braga Henrique acredita que ele perderá a eleição suplementar e que depois disso não terá força entre os eleitores em nenhum outro pleito. “Tem gente que vai perder eleição e que viu que não foi legal a atitude que não valeu a pena. Se perder eleição, não se elege nem deputado federal na próxima eleição. Já vem de duas derrotas, se tiver essa derrota não se elege nem deputado federal”, opinou.

O político também revelou que fez parte dos mais de meio milhão de cidadão do Amazonas que decidiram não votar no último domingo (6) e que tem esperanças de que a eleição seja cancelada. “Eu não saí domingo para votar porque achei que não tinha sentido. Eu estaria me ferindo e não sou masoquista para chegar e votar numa pessoa. No segundo turno, vou me abster porque acho que as coisas podem mudar ainda. Nesses últimos 10 dias, as coisas estão acontecendo em Brasília. Elas podem acontecer”, contou.

Ele afirmou ser inocente e que vai lutar na Justiça pelo direito de ser candidato em 2018, apontando predileção pelo cargo de deputado estadual. Henrique também contou que só não está desempregado e com dificuldade financeiras por causa do seu programa de televisão.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso