Transporte coletivo irá operar sem gratuidade mas com frota completa no dia da eleição em Manaus

A prefeitura decidiu fazer o mínimo pela população e entregar o sistema operando com frota de dia útil no próximo domingo, (8), mas sem gratuidade.
03/08/2017 16h29 - Atualizado em 4/08/2017 11h13
Foto: Reprodução

Com a gratuidade do transporte coletivo suspensa no dia da eleição suplementar do Amazonas devido débito a eleição de 2014, deixado pelo prefeito de Manaus, Arthur Neto, a prefeitura por meio da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), decidiu fazer o mínimo pela população e entregar o sistema operando com frota de dia útil no próximo domingo, (8).

Segundo a SMTU será acompanhado o fluxo de passageiros ao longo do dia, principalmente nos horários de maior movimentação de eleitores na capital.

Ao todo, 60 funcionários da SMTU atuarão no dia da eleição. Haverá o monitoramento eletrônico via GPS dos ônibus feito no Centro de Controle Operacional (CCO) da SMTU, além de fiscais de transporte nas garagens das empresas, terminais de integração e finais de linhas para acompanhar o cumprimento da frota e esclarecer dúvidas dos usuários.

De acordo com o superintendente da SMTU, Ronaldo Brito, todas as medidas serão tomadas para que o eleitor possa se deslocar sem dificuldades aos locais de votação. “Conforme informações do próprio TRE, depois do cadastro biométrico, as pessoas já não precisam mais se deslocar tanto, por votarem perto de suas casas. No entanto, estaremos com todos os nossos fiscais, além de parte dos servidores, nas ruas para que a população seja plenamente atendida em relação ao transporte público no dia da eleição”, afirmou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso