Anitta responde vereador que questionou se ela é prostituta

O vereador evangélico Otoni de Paula (PSC), perguntou em postagem se a artista é uma cantora ou garota de programa.
02/09/2017 15h20 - Atualizado em 2/09/2017 16h20
Foto: Reprodução

A cantora Anitta usou suas redes sociais para se defender das críticas que sofreu recentemente do vereador Otoni de Paula. O membro do legislativo publicou uma montagem no Facebook e perguntou se Anitta era uma cantora ou uma prostituta. Além disso, o vereador ainda questionou aos seus seguidores em relação ao que as crianças estão sendo submetidas, com um tipo de profissional que se submete a fazer o que a dona do hit “Paradinha” faz.

Segundo ele, é uma pena que uma profissional tão talentosa como Anitta, que arrasta multidões em seu shows, se preste a esse tipo de cena (mostrada na montagem). Além disso, a cantora não teria nenhuma responsabilidade com a meninada, que é uma grande parte do “Fandon” da artista.

A funkeira, que está fazendo sucesso nas paradas internacionais com o single “Sua Cara”, com participação de Pabllo Vittar e o DJ Major Lazer, fez questão de comentar o ocorrido nas suas redes sociais. A beldade ironizou a postagem do vereador, dizendo que se ele tentou agendar um programa com ela e levou um fora, seria pelo fato de que ela não exerce tal função. Além disso, ela possui uma equipe de mais de 50 profissionais e não tem necessidade de entrar no mundo pornográfico.

De acordo com a cantora, ela não irá processar o vereador, contudo, a gata criticou o sistema educacional brasileiro em uma resposta à pergunta de Otoni, que questionou ao que as crianças estariam sendo submetidas. Anitta foi enfática ao dizer que essas crianças são submetidas a uma educação de péssima qualidade, ironizando o corrupto sistema político brasileiro e a precariedade da educação do país.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso