Dupla é detida com mais de 150 quelônios e ovos que teriam sido capturados de uma Área de Proteção Ambiental no Amazonas

Ambientalistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), relataram aos policiais que vinham recebendo diversas denúncias.
16/09/2017 14h44 - Atualizado em 18/09/2017 08h52
Foto: Divulgação

Dois homens identificados com Reginaldo Cardoso de Almeida de 37 anos, Everton Viana de Lima de 29 anos e uma menor de 17 anos, foram detidos em flagrante, por volta das 21h desta sexta-feira (15), acusados de crime ambiental, após terem sido flagrados com centenas de animais capturados em uma Área de Proteção Ambiental (APA).

Segundo informações da equipe de policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (CPAmb), ambientalistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), relataram aos policiais que vinham recebendo diversas denúncias informando que um grupo pessoas estaria adentrando a Reserva, localizada no Rio Jaú, local próximo ao município de Novo Airão e capturando os quelônios e os revendendo no município.

Após uma incursão feita através de Lanchas do BPAmb, Reginaldo Cardoso e Everton Viana foram encontrados em uma canoa, após revista dentro da embarcação os policiais constataram a denúncia e apreenderam 153 quelônios e 82 ovos. Eles confessaram aos policiais que venderiam os animais no município de Novo Airão.

A dupla maior de idade foi flagranteada e encaminhada à Delegacia do município de Novo Airão para os procedimentos cabíveis. Os animais foram soutos novamente na reserva.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso