Gestão bem sucedida de David Almeida incomoda adversários políticos

Arthur Neto e Amazonino Mendes protagonizaram ataques diretos a gestão do interino.
02/09/2017 14h49 - Atualizado em 4/09/2017 11h58
Foto: Divulgação

O sucesso e popularidade da gestão do governador interino do Amazonas, David Almeida, tem incomodado os caciques da política amazonense que visam as eleições 2018.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), tem desferido ataques contra a gestão interino desde antes da eleição suplementar e chegou a postar no Facebook uma carta aberta direcionada ao ministro, Ricardo Lewandowski, em que fez acusações contra David.

O governador eleito, Amazonino Mendes (PDT), protocolizou no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) há uma semana da votação do segundo turno uma ação para tornar David inelegível no próximo ano. Após a eleição o pedetista desistiu do processo mas foi ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) pedir o bloqueio de gastos do interino e a suspensões de licitações e outros atos de David.

Mesmo na interinidade da sua gestão, prevista para durar dois ou três meses, David Almeida, surpreendeu quem o considerava totalmente perdido e sem capacidade de administrar e colocar em prática ações destinadas a proporcionar melhores condições de vida à população. Conseguiu, com medidas simples como, por exemplo, injetar recursos no mercado, “destravar a economia” e levar o Estado a desempenhar melhor o seu papel de indutor do desenvolvimento.

Otimizou os recursos disponíveis, renegociou grandes contratos, cortando gorduras concentradas – cerca de R$ 315 milhões – em “acertos comerciais” destinados a beneficiar os “amigos prediletos” do poder. Azeitou a máquina da Secretaria de Fazenda (Sefaz), que passou a arrecadar mais sem aumentar impostos ou promover o chamado “terrorismo fiscal”, sustentado pela ameaça de multas.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso