Terceirizados do João Lúcio protestam por terem sido dispensados mesmo com salários atrasados

Trabalhadores dizem que estão sem receber desde o mês de maio e que ontem foram comunicados do fim do contrato com a BDA Comércio e Serviços
01/09/2017 09h41 - Atualizado em 1/09/2017 16h11
Foto: reprodução

Um grupo formado por cerca de 50 trabalhadores bloqueou o tráfego de veículos na Alameda Cosme Ferreira, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, na manhã desta sexta-feira (1°). Eles são terceirizados que prestam serviços de conservação e limpeza nos Hospitais João Lúcio e Joãozinho.

Os manifestantes cobram quatro meses de salários atrasados e reclamam que foram desligados das funções repentinamente. Houve tumulto em frente as unidades hospitalares e veículos avançaram em direção dos manifestantes.

Os trabalhadores reclamam que o diretor do hospital fez comunicado de que outra empresa iria substituir a que presta serviços atualmente, na noite de quinta-feira (31) durante troca de plantão.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso