Após denúncia de suborno a policias de Jutaí vereador acusado de pedofilia será transferido para Manaus

Decisão ocorreu após Ministério Público denunciar que o político pagava propina para sair de cadeia à noite.
12/10/2017 13h45 - Atualizado em 13/10/2017 07h18
Foto: Reprodução

A Justiça do Amazonas determinou a transferência urgente do vereador de Jutaí, Altenor de Lima Barbosa, para uma unidade prisional em Manaus. O político é investigado por promover encontros sexuais com adolescentes e crianças. A deliberação ocorreu após a denúncia de que Barbosa pagava propina para sair da cadeia pela noite.

A decisão – que acata um pedido do Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) – é do juiz Francisco Possidonio da Conceição, que também determinou a transferência imediata do filho do vereador, Andrey Barbosa, e do ajudante, Rosiberto Ferreira Trajano.

Segundo o MPE-AM, os três suspeitos estariam saindo da cadeia durante a noite com a facilitação de policiais militares.

O delegado Genilson Parente Arruda ouviu o depoimento de presos que dividem o espaço da carceragem com os acusados. A Rede Amazônica teve acesso aos documentos. Um dos detentos afirmou que viu o vereador, o filho e o ajudante serem retirados da cela.

A situação teria revoltado os demais presos que tiveram de ser contidos com spray de pimenta por dois policiais militares.

Outro preso contou que as saídas da cela aconteciam sempre que o delegado saía. A cela era aberta por volta das 22h e fechada por volta das 4h.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505