Cozinheiro é solto após adolescente confessar ter mentido à polícia sobre estupro

Segundo o advogado da vítima, a jovem inventou a história, pois tinha “matado” aula para manter relação sexual com o namorado de 15 anos.
17/10/2017 16h06 - Atualizado em 18/10/2017 16h58
Foto: Divulgação

A adolescente de 12 anos que acusou Francimar Bezerra da Cruz, 40, no dia 12 deste mês, por estupro de vulnerável, no bairro Aleixo, Zona Sul, confessou para a Polícia Civil, no último sábado (14), que mentiu e que o suspeito não cometeu nenhum abuso. Segundo o advogado de Francimar, André Duarte, a jovem inventou a história, pois tinha “matado” aula para manter relação sexual com o namorado de 15 anos e, por isso, seu cliente chegou a baixar para o Centro de Detenção Provisória (CPD), onde sofreu torturas psicológicas.

O caso teria acontecido no dia 11 de outubro. De acordo com a delegada Juliana Tuma, da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), a menina inventou o estupro para justificar aos pais o motivo de ter voltado tarde para casa.

Francimar passou quatro dias no CDP por prisão preventiva. Ele só foi solto, porque o pai da menina passou a desconfiar da versão dela e conseguiu, por meio de câmeras de segurança, flagrá-la andando com o namorado no horário em que disse ter sido estuprada.

Francimar foi visto em outro local, no bairro, com o sobrinho. Ele foi apontado aleatoriamente pela jovem. Logo após, o pai da garota foi à polícia e procurou o advogado André Duarte, que solicitou a soltura.

O acusado disse que pretende denunciar o estado pelo erro. Conforme a delegada Juliana Tuma, o caso foi levado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). “Não é porque esta menina não tem 18 anos que não será responsabilizada por este ato infracional análogo ao crime de denunciação caluniosa”, finalizou Tuma.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505