Emboscada armada por agentes da SMTU para motoristas da Uber é denunciada por vereadora

A regulamentação do aplicativo em Manaus voltou a ser um dos principais assuntos no plenário da Câmara.
10/10/2017 16h37 - Atualizado em 10/10/2017 16h37
Foto: Reprodução

A vereadora Joana D’Arc (PR) denunciou na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) ontem (9), que motoristas do aplicativo Uber estão sendo alvos de uma armadilha armada por agentes da Superintendência Municipal de Transporte Urbano (SMTU).

Segundo a parlamentar, agentes municipais estão solicitando a corrida por meio do aplicativo e, quando chegam ao destino, autuam os motoristas e apreendem o veículo.

Com um discurso de revolta, a vereadora pediu por melhorias no transporte público da cidade, e que autoridades possam regularizar com urgência a categoria “para colocar um fim na guerra entre taxistas e Ubers na cidade de Manaus”.

Em contrapartida, Wilker Barreto lembrou do projeto de lei nº 28/2017, da Câmara Federal, que já está em tramitação no Congresso Nacional junto com outras duas propostas (PLS 726/2015 e PLS 530/2015), que preveem a autorização dos serviços do Uber e outros aplicativos que são ligados à meio de transporte.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso