Juninho Pernambucano rejeita seguidores de Bolsonaro e os chama de sem caráter

Ex-jogador de futebol afirmou na rede social que não buscava quantidade de seguidores, mas sim “qualidade humana e caráter”.
03/10/2017 16h05 - Atualizado em 3/10/2017 16h05
Foto: Reprodução

O ex-jogador de futebol Juninho Pernambucano causou polêmica no Twitter nesta madrugada após pedir aos seguidores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) que parassem de segui-lo na rede social.

Na publicação, Juninho se referiu aos apoiadores do deputado como “bolsominions” e afirmou que não buscava quantidade de seguidores, mas sim “qualidade humana e caráter”.

Em poucos minutos, o tuíte ganhou visibilidade e o atual comentarista da TV Globo foi alvo de críticas de alguns internautas, inclusive Flávio Bolsonaro, deputado estadual do Rio de Janeiro e filho de Bolsonaro.

Flávio acusou Juninho de ser leviano ao rotular Bolsonaro por “algo que ele não é” e comparou o ex-jogador a personalidades da esquerda, como Marcelo Freixo, dizendo que ele seria simpatizante da ex-presidente Dilma Rousseff.

Juninho respondeu o filho de Bolsonaro dizendo que não escolhia lados na política e que apenas não gostava de preconceituosos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso