Silas Câmara diz que apoiadores de David Almeida tentaram aplicar um golpe no governador eleito

Segundo o parlamentar a decisão do plenário do TJ/AM, que confirmou a posse para hoje, “está em sintonia com a vontade popular”.
04/10/2017 15h11 - Atualizado em 5/10/2017 15h53
Foto: Reprodução

Enquanto esperava pela solenidade de posse do governador eleito Amazonino Mendes (PDT) na Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) o deputado federal Silas Câmara (PRB) afirmou, em tom de revolta, que o grupo que comanda a Mesa Diretora do Poder Legislativo tentou aplicar “um golpe” contra o cacique.

Amazonino conseguiu na justiça a antecipação de sua posse que foi estipulada pela Casa Legislativa para acontecer na semana que vem, no dia 10. O presidente da ALE-AM, Abdala Fraxe (PODE), havia dito para a imprensa local que a posse foi adiada por causa de uma reunião da Mesa Diretora que definiu a data.

“Não era assim que um governador eleito pela quarta vez, por meio da vontade popular, deveria ser tratado”, disse. Para o parlamentar, que apoiou Amazonino Mendes na eleição suplementar, a decisão de hoje do plenário do TJ/AM, que confirmou a posse, “está em sintonia com a vontade popular”.

Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso Wp: (92) 99344-0505