Caso de crianças se beijando em aniversário será investigado pelo Ministério Público e pais podem ser presos

O deputado Marcos Feliciano informou que irá cobrar da polícia a identificação dos pais dos dois meninos para que os pais de ambos sejam levados a justiça.
23/11/2017 13h45 - Atualizado em 25/11/2017 10h42
Foto: Reprodução/Internet

O Ministério Público de São Paulo irá iniciar as investigações envolvendo o polêmico vídeo onde duas crianças aparecem se beijando em uma festa de aniversário com a temática “Pabllo Vittar”, famosa cantora Drag brasileira.

Os investigadores já sabem que o vídeo foi gravado na cidade de Caraguatatuba no interior de São Paulo. As investigações serão realizadas em conjunto com conselho tutelar da mesma cidade. O polêmico vídeo causou um verdadeiro alvoroço nas redes sociais nesta quarta-feira.

O deputado Marcos Feliciano informou que irá cobrar da polícia a identificação dos pais dos dois meninos para que os pais de ambos sejam levados perante um Juiz da criança e do adolescente para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Segundo Feliciano o fato mostrado no vídeo configura estrupo de vulneráveis, o vídeo viralizou em todo o Brasil em poucos dias. Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) intimidade com menores de 14 anos configura crime de estupro mesmo consentido e nos costumes se trata de pedofilia, mesmo que o agente ativo tenha menos de 18 anos tornando-se ato infracional.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso