Delegado que matou advogado e feriu três em casa de show diz que agiu em legítima defesa

Testemunhas afirmam que o delegado teria começado a encarar a companheira da vítima, que foi “tirar satisfação” com o suspeito.
25/11/2017 09h44 - Atualizado em 28/11/2017 15h54
Foto: Reprodução

O advogado, Wilson Justo, foi morto e outras três pessoas ficaram feridas após o delegado, Gustavo de Castro Sotero, efetuar disparos dentro de uma casa de shows na Estrada da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, na madrugada deste sábado (25). O delegado foi preso em flagrante e encaminhado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas, o delegado plantonista do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), efetuou disparos dentro do local por volta das 2h. Na ocasião, quatro pessoas foram atingidas.

Um dos atingidos pelos disparos não resistiu aos ferimentos e morreu. As outras três vítimas, foram encaminhadas para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de saúde das vítimas feridas.

Testemunhas afirmam que o delegado teria começado a encarar a companheira da vítima, que foi “tirar satisfação” com o suspeito.

Em depoimento Gustavo disse que agiu em legítima defesa e que foi surpreendido com um soco repentino no rosto por parte da vítima chegando ao ponto de quase cair com a agressão. O delegado também disse que chegou a pedir que o advogado parasse e só efetuou o disparo após perceber que ele continuaria.

Após o fato, o delegado permaneceu no local e foi conduzido para o 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ele foi preso em flagrante pelos crimes de homicídio doloso e lesão corporal.

Na manhã deste sábado, ele foi submetido a um exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML) e deve passar por audiência de custódia ainda neste sábado.

Gustavo Sotero, já tinha se envolvido em uma confusão de trânsito e foi parar na delegacia. O caso aconteceu no dia 13 de fevereiro de 2014.

Veja depoimento:

Veja vídeo:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso