Governo diz que David Almeida deixou dívida de R$ 9,4 milhões na SSP

A dívida corresponde a 15 contratos com fornecedores do setor que, na avaliação do vice-governador, poderiam ter colocado o a segurança pública em colapso.
29/11/2017 17h59 - Atualizado em 29/11/2017 18h02
Foto: Reprodução

A falta de pagamento de contratos das empresas de locação de veículos das polícias Civil e Militar rendeu uma dívida de R$ 9.427.156,75. É o que afirma a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), que atribui a situação à gestão de David Almeida, governador interino até a eleição de Amazonino Mendes.

Ao todo, seis empresas são contratadas para o aluguel dos veículos que fazem o policiamento em todo o Estado. O contrato engloba 638 viaturas, incluindo a manutenção e revisão dos automóveis e o seguro para o caso de acidentes e danos. Além disso, o documento também exige que a empresa troque os veículos após um período de dois anos.

Segundo a SSP-AM, mesmo com as faturas em aberto, em julho de 2017, a frota de veículos foi trocada por carros novos e, também, apesar dos atrasos, os serviços de manutenção continuaram sendo realizados. A pasta afirma que os veículos “só não foram retirados das ruas pelos empresários porque os prestadores do serviço estavam na expectativa de receber”.

A secretaria pontua ainda que há parcelas para pagar atrasadas desde 2015, mas a maior parte da dívida se concentra no período de maio a setembro de 2017, período em que David Almeida assumiu o governo. Nesse intervalo de tempo, 15 faturas deixaram de ser pagas.

Reposta
David Almeida (PSD), declarou na manhã desta quarta-feira, dia 29, que críticas feitas pelo secretário de Estado de Segurança Pública (SSP) e vice-governador Bosco Saraiva (SDD) devem ser encaradas como elogios em função do histórico de vida dele.

“Com a história de vida que eu tenho e ele tem, uma crítica dele soa como elogio”, afirmou David Almeida.

Ainda segundo segundo Almeida este excedente não resolverá o problema da segurança pública no Amazonas. “A segurança pública começa a melhorar quando os responsáveis começarem a melhorar sua atuação. Tirar limão de um garotinho no sinal, fechar um bar não sei onde não quer dizer que estão fazendo segurança pública”, afirmou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso