Menos de uma semana após assassinato de advogado, Porão do Alemão decide reabrir as portas

Proprietários decidiram reabrir cinco dias após a casa de show ser palco do assassinato.
29/11/2017 15h44 - Atualizado em 30/11/2017 15h29
Foto: Divulgação

Redação AM POST

A casa de show Porão do Alemão reabre as portas nesta quarta-feira (29), em Manaus, cinco dias após ser palco do assassinato do advogado Wilson Justo Filho, morto a tiros pelo delegado Gustavo Sotero durante uma briga ocorrida no último final de semana. O delegado está preso em uma cela na sede Delegacia Geral.

Os proprietários do Porão do Alemão decidiram retomar as atividades com evento de conscientização ao público sobre a diminuição da violência em todos os segmentos da sociedade batizado de “Rock Pela Paz”.

Cerca de 20 músicos de diversas bandas que já se apresentaram na casa vão se reunir de forma inédita para apresentar um repertório de 30 músicas.

Sobre o crime
O Porão do Alemão se pronunciou sobre o tiroteio que aconteceu na madrugada do último sábado (25). Por meio de nota divulgada à imprensa, o bar informou que o autor dos disparos, o delegado Gustavo Sotero, “passou pelo rigoroso sistema de revista e registro, tendo sua arma cautelada”.

De acordo com o estabelecimento, os frequentadores do local sabem que revistas são feitas para que civis não adentrem a casa armados. No entanto, segundo a Lei 10.826/03 bem como a Portaria Normativa N.º 09/2013-GDG/PC, policiais podem utilizar armas, inclusive em casas noturnas, eventos públicos ou privados.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso