Pesquisa diz que Braga tem chances e derrota de Vanessa para o senado é quase certa em 2018

A senadora aparece na quarta colocação, com 24% enquanto que Braga tem 38% dos votos perdendo apenas para Rebecca Garcia (PP), com 42%,
30/11/2017 19h19 - Atualizado em 1/12/2017 16h56
Foto: Reprodução

Redação AM POST

No ranking de possíveis candidatos com grandes chances para o senado nas eleições de 2018 aparecem os nomes de Rebecca Garcia (PP), com 42% Eduardo Braga (PMDB), com 38%, seguido de perto pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, que conquistou 37% das intenções de votos. Os dados são da Pesquisa 365.

Nem Rebecca e nem Arthur estão em campanha, ao contrário de Braga, que está trabalhando para a sua reeleição e é de quem se espera um melhor desempenho neste momento.

Segundo a pesquisa a ex-superintendente da Suframa possui um bom recall, oriundo da eleição suplementar, porém, Rebecca não possuiria a mesma estrutura que Braga e Arthur teriam se, eventualmente, ambos confirmassem suas candidaturas ao Senado.

No geral, o cenário das eleições de senador se mostra ainda indefinido. Não há a menor garantia de que Eduardo Braga se reeleja ou de quem poderia ocupar a outra vaga. Até porque, é possível que surja outro player fora dessa lista e altere os resultados.

Venessa
A outra vaga que estará em disputa no ano que vem pertence, atualmente, à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), que aparece na quarta colocação, com 24%. A situação da comunista vai se afunilando para uma derrota quase certa.

Ainda segundo a pesquisa a fatia obtida por Vanessa está na faixa intermediária. Assim como ela não pode ser alcançada pelos candidatos que estão abaixo do seu percentual, Grazziotin também está distante do pelotão de cima.

A pequisa também supõe a possibilidade do PCdoB local lancar Vanessa como candidata, mesmo diante de uma perspectiva de derrota. Tudo para ajudar o projeto nacional da candidatura da deputada estadual do Rio Grande do Sul, Manuela d’Ávila, à presidência da República pelo Partido Comunista do Brasil.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso