PGR pede condenação de Gleisi, pagamento de R$ 4 milhões e perda do mandato

Raquel Dodge pediu condenação da presidente do PT e seu marido no processo em que são acusados de serem beneficiados com R$ 1 milhão.
24/11/2017 17h12 - Atualizado em 24/11/2017 17h12
Foto: Reprodução

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo Tribunal Federal(STF) que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), e o marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, sejam condenados no processo em que são acusados de serem beneficiados com R$ 1 milhão no esquema de corrupção na Petrobras, que teriam sido usados na campanha de Gleisi ao Senado em 2010.

Raquel Dodge também quer que eles paguem R$ 4 milhões como reparação pelo crime e que a senadora perca o cargo. A procuradora-geral afirma no documento ter fixado para o pagamento por danos morais e materiais pelos crimes valor de quatro vezes a propina que teria sido solicitada.

Gleisi e Paulo Bernardo foram denunciados ao STF por suspeitas dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, sob a acusação de terem recebido R$ 1 milhão para a campanha da senadora em 2010.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso