Rodoviários cogitam decretar ‘catraca livre’ em Manaus se Sinetram não pagar décimo terceiro

Em decisão unânime, a chamada ‘greve branca’ teve apoio de boa parte dos rodoviários.
21/11/2017 17h37 - Atualizado em 22/11/2017 16h54
Foto: Reprodução

Redação AM POST

Caso não recebam o 13º salário até o mês de dezembro os Rodoviários de Manaus cogitam que protestarão decretando ‘catraca livre’ nos ônibus de Manaus, ou seja, não cobrarão passagem dos usuários do transporte coletivo. A possibilidade foi conversada durante reunião a aconteceu nesta segunda-feira, 20, no Centro de Manaus para discutir uma possível paralisação.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que não tem como quitar o décimo terceiro dos rodoviários de Manaus que deverá ser pago a partir do dia 30 de novembro – data limite de acordo com a legislação para que os empregadores paguem 50% do valor referente ao benefício.

O parcelamento dos valores do décimo terceiro dos trabalhadores foi uma das alternativas apontadas pelo Sinetram, porém, a categoria não aceitou essa possibilidade.

Representantes do movimento se posicionaram, afirmando que, caso haja parcelamento ou não seja pago o 13º salário, haverá catraca livre, é possível que isso aconteça brevemente. Em decisão unânime, a chamada ‘greve branca’ teve apoio de boa parte dos rodoviários.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso