Secretaria de Segurança Pública decide tirar Gustavo Sotero do cargo de delegado

O delegado foi preso após atirar e matar um advogado em uma casa noturna de Manaus. A medida carrega a assinatura de Bosco Saraiva.
30/11/2017 14h36 - Atualizado em 1/12/2017 16h57
Foto: Reprodução

O governador do Estado, em exercício, e secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), Bosco Saraiva, exonerou o delegado Gustavo de Castro Sotero, do cargo de confiança de delegado titular do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Sotero está preso há quatro dias por ter assassinado o advogado Wilson Justo Filho dentro da casa de show Porão do Alemão, na Zona Oeste de Manaus.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que a decisão é administrativa e não tem relação com o processo que tramita na Corregedoria-Geral de Segurança Pública. Sotero também já era investigado por dirigir alcoolizado.

O decreto de 28 de novembro de 2017 foi publicado na edição da mesma data do Diário Oficial do Estado (DOE-AM), que foi ao ar nesta quarta-feira (29). A medida carrega a assinatura de Bosco Saraiva, do chefe da Casa Civil, secretário Sidney Leite, do delegado-geral da Polícia Civil, Mariolino Brito e da secretária de Estado de Administração e Gestão (Sead), Angela Bulbol.

A SSP-AM não informou quem deve ocupar o cargo de delegado titular da unidade policial onde Sotero trabalhava.

Gustavo Sotero segue em uma das celas do alojamento do Grupo Força Especial de Assalto e Resgate (Fera), localizado nos fundos da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, no Dom Pedro. De acordo com o delegado-geral, Mariolino Brito, Sotero está em cela com banheiro, cama e ar-condicionado.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso