Terreiro frequentado por governadores do Amazonas pede ajuda financeira para manutenção do espaço

O lugar de culto aos Orixás da Zona Sul já foi frequentado por vários governadores do Amazonas como Gilberto Mestrinho, Amazonino Mendes, Eduardo Braga e o atual vice-governador Bosco Saraiva.
20/11/2017 16h43 - Atualizado em 21/11/2017 17h44
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O terreiro de Mãe Zulmira, no Morro da Liberdade, Consagrado à Santa Bárbara, vive um período de decadência com cinco janelas precisando serem arrumadas e os couros de quatro tambores da tradição africana necessitando ser trocados.

O lugar de culto aos Orixás da Zona Sul já foi frequentado por vários governadores do Amazonas como Gilberto Mestrinho, Amazonino Mendes, Eduardo Braga e o atual vice-governador Bosco Saraiva, também ex-presidente da Escola Reino Unido do Morro da Liberdade.

Os políticos frequentavam o local para receberem às bençãos da rainha espiritual da negritude amazonense, Mãe Zulmira, que faleceu em 2007 e desde então o lugar vive um declínio.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso