Tiririca manda recado para deputados: ‘quem ganha R$ 33 mil não pode faltar o trabalho’

O palhaço deputado também contra-atacou seus opositores: “Todo final de semana passo com minha família, enquanto eles estão enjaulados e os filhos nem vão visitar por vergonha”.
07/11/2017 14h54 - Atualizado em 8/11/2017 17h26
Foto: reprodução

Em seu segundo mandato na Câmara, o deputado federal Tiririca (PR-SP) mandou um recado aos seus colegas parlamentares para valorizarem os cargos que tem e serem eficientes a população.

Mesmo com pouquíssimos deputados na casa, Tiririca fez questão de externar sua indignação. A grande maioria dos parlamentares só trabalha a partir de terça-feira e voltam na quinta para seus estados de origem.

O Brasil do jeito que está e nossos colegas onde estão? Eu estou aqui. Estou em Brasília desde domingo a noite. E onde estão estes caras? Gente, nosso salário é de R$ 33 mil. Quem ganha um salário deste não pode faltar o trabalho. Quando eu trabalhava no circo tinha época que ganhava menos que um salário mínimo e não faltava um só espetáculo. Como pode um cara que ganha R$ 33 mil trabalhar só 3 dias por semana? Isso não pode continuar. Não dá mesmo“, disse Tiririca emocionado.

O palhaço deputado já declarou antes que abandonará a vida política e aproveitou o discurso para mandar indireta para corruptos que tentaram comprar seu votaram e não conseguiram.

Eu quando entrei aqui vinha um monte de gente me oferecer dinheiro pra votar pelo interesse de alguma empresa, partido ou político. Disse não a todos eles e me chamavam de otário. Hoje os espertos estão na cadeia ou indo pra ela, e o “otário” aqui está livre e sem tornozeleira eletrônica. Todo final de semana passo com minha família, enquanto eles estão enjaulados e os filhos nem vão visitar por vergonha. Agora me digam quem é o otário? Quem é o palhaço que só quer se aparecer de honesto? Quem é o analfabeto?” disparou.

Tiririca encerrou sua fala convocando seus colegas parlamentares para trabalharem na recuperação do Brasil. “Venham trabalhar! Precisamos trabalhar! O Brasil tem pressa! Tem gente na fila dos hospitais morrendo por causa de uma decisão que deixamos de tomar. Parem de pensar na próxima eleição. Pensem nas pessoas que agora estão morrendo. Pensem na mãe que está vendo o filho morrer porque não chegou um remédio no hospital”, concluiu.

Natan Gaia – Redação AM POST


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso