Vereadora Joana D’arc cobra da Prefeitura de Manaus Outubro animal

A ideia da parlamentar é que o Outubro Animal seja um mês de castração.
08/11/2017 16h59 - Atualizado em 8/11/2017 17h04
Foto: divulgação

Na sessão de quarta-feira (8) a vereadora Joana D’arc Protetora dos Animais (PR) cobrou da Prefeitura o Outubro Animal que é uma indicação de sua autoria e seria um mutirão de castração durante todo o mês de outubro.

De acordo com a parlamentar “Fizemos uma solenidade na Câmara Municipal em comemoração ao dia do médico veterinário e foi dito que esse compromisso seria firmado pela prefeitura, passou-se o outubro, estamos em novembro e ainda não tivemos o outubro animal. Eu vou cobrar e procurar ter uma reunião com o secretário, porque se a prefeitura não dar uma resposta para a sociedade eu como representante da causa tenho que dar, eu tenho que prestar contas do porque que não vai ter os mutirões de castrações” disse ela.

Segundo a vereadora as organizações não governamentais, o terceiro setor, os protetores e representantes da causa não foram sequer informados pela Secretaria Municipal de Saúde até o presente momento, sobre o motivo de que o outubro animal, promessa feita publicamente, não foi realizado. A vereadora questionou com a diretora do Centro de Controle de Zoonose em uma reunião e a mesma informou que se passou outubro não vai mais ter o mutirão de castração.

A parlamentar ressaltou que se a prefeitura é incapaz de fazer o mutirão de castração do outubro animal ela fará enquanto vereadora, cidadã e presidente de ONG, com seus recursos próprios, com ajuda de médicos veterinários parceiros e das clínicas que acreditam em seu trabalho. “Quando eu digo que eu vou fazer eu faço, eu cumpro com a minha palavra, eu não vou deixar os animais da nossa cidade, indefesos, que precisam dessas castrações ficarem nas mãos, não vou deixar os protetores e as ONGs a ver navios, eu vou fazer e vou mostrar como é que se faz quando a gente tem boa vontade, quando tem respeito a causa pública e a causa que a gente defende”, finalizou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso