Arthur Neto chama Bolsonaro de “homofóbico, fascista” e Lula de “meliante” em discurso

O prefeito foi vaiado durante seu discurso na convenção do PSDB e retrucou dizendo que seria melhor vaiar Bolsonaro.
09/12/2017 15h31 - Atualizado em 11/12/2017 16h32
Foto: reprodução

Redação AM POST

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), foi vaiado durante seu discurso na convenção do PSDB neste sábado (9), quando disse que ia derrotar Alckmin nas prévias tucanas e retrucou dizendo que seria melhor vaiar o pré-candidato à presidência e deputado federal Jair Bolsonaro, a quem chamou de “homofóbico e fascista”.

Arthur está bastante confiante que será o candidato tucano a concorrer ao cargo de presidente da República em 2018 e por isso tem disparado para todos os lados. “Acho melhor vaiar o Bolsonaro e me aplaudam se eu vencer o Geraldo Alckmin nas prévias”, disse.

Os ataques do tucano também foram na direção do ex-presidente e pré-candidato à presidência Luís Inácio Lula da Silva. Arthur disse que o “meliante” quer voltar à presidência e que Lula quase funda o “Sindicato dos Corruptos”.

“Não vejo que essa mediocridade binária entre Lula e Bolsonaro vá dar certo”, avaliou no discurso.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso